• Registar
telefoneFHI

Moto3: Miguel Oliveira começa com 6º tempo em Jerez

21 Mar 2013 Read:52131

A última oportunidade que pilotos e equipas do Mundial de Moto3 têm para encontrar as últimas afinações para a estreia da temporada, no Qatar, no início do próximo mês de abril.

 Ao contrário dos últimos testes aqui realizados, os pilotos desta feita foram recebidos por excelentes condições climatéricas, sol, e ausência de vento. As duas sessões – a primeira apenas para Moto3 e a segunda com as Moto2 em simultâneo - programadas para o primeiro dia, não foram no entanto perfeitas, pois menos de 24 horas antes, automóveis estiveram a competir no circuito andaluz o que se traduziu numa notória falta de aderência.

Tal como seria de esperar, no final deste primeiro dia em pista, os quatro primeiro da tabela de tempos utilizaram motos da KTM, embora o mais veloz, Jonas Folger, utilize uma moto com quadro Kalex pertencente à equipa Mapfre Aspar. Segundo melhor neste dia, Alex Rins da equipa Estrella Galicia 0.0 esteve também ele bastante rápido, seguindo-se o até agora grande dominador da categoria na pré-temporada, Maverick Viñales da Team Calvo e, o quarto melhor foi Luis Salom da equipa Red Bull KTM Ajo.

Logo atrás das KTM, colocou-se a Suter Honda da equipa Ambrogio Racing, com o sul-africano Brad Binder aos comandos. Binder e o seu companheiro de equipa, Danny Webb, conseguiram “ensanduichar” o português Miguel Oliveira, ficando o jovem de Almada com o sexto melhor tempo do dia, a 0.791s de Jonas Folger.

Sem peças novas para testar na sua Mahindra Racing MGP3O, agora já com o esbelto esquema de cores definitivo com que irá competir em 2013, “MIG44” aproveitou para continuar a evoluir as afinações encontradas em Jerez há algumas semanas atrás, ainda assim, tendo sofrido uma queda quando rodava em conjunto com os pilotos das Moto2 (sem consequências físicas) mas, que não lhe retira o otimismo

“O primeiro dia de testes correu bastante bem,” começou por adiantar o jovem luso. “Na primeira sessão, a meio da tarde, conseguimos o quarto tempo. Andámos bastante próximos dos tempos praticados aqui da última vez. Depois tentámos dar continuidade ao trabalho da primeira sessão, mas tivemos uma queda, felizmente sem grandes consequências e que se deveu à afinação da moto, que não é a melhor. Mesmo assim, terminámos em sexto, o que foi bastante positivo.”

“Agora vamos tentar encontrar soluções para avaliar na próxima sessão e obter a melhor moto possível para chegarmos ao Qatar com margem. Visto ser o primeiro Grande Prémio da época, o trabalho aqui em Jerez é muito importante, pois serve para a primeira ronda e para as seguintes também. Temos logo na segunda jornada uma pista que é nova para todos, pelo que se tivermos uma boa afinação podemos dedicar-nos mais a conhecer bem a pista. Avizinha-se muito trabalho e queremos adiantar o máximo possível neste teste. Não temos componentes novos, estamos apenas a desenvolver o que temos e retirar a melhor prestação da moto e de mim próprio”.

FONTE: Motociclismo

  • Login to post comments

    Calendar

    « December 2017 »
    Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
            1 2 3
    4 5 6 7 8 9 10
    11 12 13 14 15 16 17
    18 19 20 21 22 23 24
    25 26 27 28 29 30 31
    • Popular
    • Recent
    • Comments

    SIGA-NOS

    • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

    Style Setting

    Fonts

    Layouts

    Direction

    Template Widths

    px  %

    px  %